Soluções eficientes em contabilidade.

Estado de São Paulo na fase vermelha - Plano São Paulo

À partir da 0:00 do dia 6 de março até o dia 19 de março, todo o estado de São Paulo entrará na fase vermelha do Plano São Paulo. Fase essa mais restritiva, onde podem funcionar apenas os serviços considerados essenciais. Tais como: 

Saúde: hospitais, clínicas, farmácias,clínicas odontológicas e estabelecimentos de saúde animal

 
Alimentação: supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres. É vedado o consumo no local
 
Segurança: serviços de segurança pública e privada
 
Comunicação social: meios de comunicação social executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens
 
Construção civil e indústria: Sem restrições
 
Serviços gerais: hotéis, lavanderias, serviços de limpeza, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais, atividades religiosas
 
Restaurantes (delivery, retirada e drivethru) e similares: permitido serviços de retirada, entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive thru). É vedado o consumo no local
 
Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos
 
Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção
 
Educação: Escolas públicas e particulares

 


Voltar

Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.